Eventos movimentam Foz do Iguaçu no mês de abril 04.04.2018

Eventos movimentam Foz do Iguaçu no mês de abril

Congressos, seminários e simpósios devem trazer cerca de 4,4 mil pessoas e gerar uma receita de R$ 16,6 milhões para a cidade

 

No mês de abril, importantes eventos estão no calendário de Foz do Iguaçu. Ao todo seis congressos, simpósios e seminários serão realizados na cidade, todos captados com o apoio do Iguassu Convention & Visitors Bureau. Juntos, eles deverão trazer aproximadamente 4,4 mil pessoas para o Destino Iguaçu e movimentarão quatro grandes centros de convenções (Bourbon Cataratas, Mabu Thermas, Rafain Palace e Recanto Cataratas), além da Faculdade UDC.

Nesta quarta-feira (04) teve início e segue até sábado (07), o 7º Simpósio Internacional de Reanimação Neonatal, com cerca de 1.600 participantes no Hotel Bourbon Cataratas. Amanhã (05) tem a abertura do 16º Congresso Internacional das Indústrias, no Recanto Cataratas Resort. São esperadas 400 pessoas. No sábado (07), a UDC Monjolo recebe o 3º Seminário de Gestão, Projetos e Liderança do Paraná, que deve reunir 200 pessoas.

De 11 a 14 deste mês, será a vez do 43º Congresso Brasileiro de Retina e Vítreo. Cerca de mil participantes irão movimentar a área de eventos do Recanto Cataratas Resort. Entre os dias 19 e 21 de abril, 600 especialistas de todo o país e da América do Sul participarão do Congresso Brasileiro e VI Convenção Latino-americana de Hérnia, no Mabu Thermas. Por fim, de 26 a 28 deste mês, o VII Congresso de Odontologia do Mercosul (Odontomerco) reunirá cerca de 600 profissionais no Rafain Palace Hotel.

Pesquisas 

 

De acordo com estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), realizado em 2014, que aponta o gasto médio do congressista a U$ 329,39 por pessoa/dia, as 15.200 room nights previstas em Iguaçu, geradas nesses seis eventos irão proporcionar uma receita de aproximadamente R$ 16,6 milhões para o Destino. Outra pesquisa, feita no ano passado pelo Instituto para Desenvolvimento da Região Trinacional (Polo Iguassu), em parceria com o Iguassu CVB, revela que um único evento pode ocupar mais de 38 meios de hospedagem (hotéis e pousadas), movimentar 29 restaurantes e 18 atrativos do destino.

“O estudo comprova que os eventos realizados no destino movimentam, direta e indiretamente, uma rede de empresas locais como hotéis, restaurantes, atrativos, agências de turismo receptivo, táxis, montagem de estandes, produtoras, recepcionistas, supermercados, panificadoras, lavanderias, transportadoras e o comércio em geral”, destaca o gerente de eventos do Iguassu CVB, Alexandre Jung.

Ele também lembra que o segmento MICE (Meetings, Incentive, Congress & Exhibitions –Congressos, Convenções, Incentivos e Feiras) é importante não só do ponto de vista econômico, mas por oferecer oportunidades de conhecimento aos profissionais locais, sejam eles médicos, biólogos, estudantes, professores, engenheiros, advogados, entre outros.

 

Foto: Kiko Sierich

Mais Notícias
Parceria
FOZ DO IGUAÇU DESTINO DO MUNDO | Política de privacidade | Desenvolvido com Drupal 6.1 IMAM