Enio Eidt assume a presidência do Fundo Iguaçu 08.04.2019

Enio Eidt assume a presidência do Fundo Iguaçu

O empresário Camilo Rorato será o vice-presidente e Yuri Benítes, gerente do Complexo Turístico Itaipu, ocupará a secretaria-geral.

 

O empresário Enio Eidt é o novo presidente do Fundo Iguaçu - Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu. Ele foi eleito em assembleia geral realizada na última sexta-feira, 05. Integram ainda a diretoria executiva do Fundo Iguaçu, o empresário Camilo Rorato (vice-presidente) e o gerente do Complexo Turístico Itaipu, Yuri Benítes (secretário-geral). O gerente da Cataratas S/A, Adelio Demeterko, vai presidir o Conselho Fiscal. 
 
Enio Eidt sucede a gestão do também empresário Carlos Silva, que permanece como presidente do Comtur - Conselho Municipal de Turismo. A nova diretoria dará continuidade às  ações desenvolvidas pelo Fundo Iguaçu, tanto no que se refere aos projetos estratégicos de infraestrutura como também às campanhas de divulgação e promoção do Destino Iguaçu. 
 
"Desde a sua fundação, o Fundo Iguaçu desempenha um papel importante na Gestão Integrada do turismo local e contribui significativamente para o desenvolvimento da cidade. A nova diretoria dará continuidade ao apoio de ações que visam o crescimento do turismo sustentável e à infraestrutura", observou Eidt.
 
" O Fundo Iguaçu segue parceiro de iniciativas conjuntas com o poder público para acabar com os gargalos na infraestrutura local, como já ocorreu recentemente na elaboração de projetos para o Viaduto da Avenida Costa e Silva, que está em obras, e a duplicação da BR 469", acrescentou o presidente.
 
A instituição ainda foi responsável pela elaboração do plano diretor, recape da pista e projetos de engenharia e licenciamento ambiental do novo sistema de pistas, que prevê ampliação da pista atual de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, dos atuais 2.195 para 3.270 metros de extensão, o que vai possibilitar voos sem escala para Estados Unidos e países europeus. 
 
O Fundo Iguaçu também foi responsável pela realização do estudo de viabilidade para concessão do Marco das 3 Fronteiras, e ainda projetos de revitalização da Ponte Internacional da Amizade e uma nova trincheira na Avenida Teodoro Risden, na região do Três Bandeiras, projeto este que será entrega para a Prefeitura Municipal até meados do mês de maio.
 
O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, destacou o papel do Fundo Iguaçu no contexto nacional do turismo. "Tive a honra de ser o primeiro presidente do Fundo Iguaçu, que é um dos pilares da Gestão Integrada do Turismo, e que faz de Foz do Iguaçu, hoje, uma referência nacional e internacional de governança para o setor", afirmou Piolla.
 
“Enio teve participação ativa nos estudos que levaram à criação do Fundo Iguaçu em 2009 e, desde então, exercia o cargo se secretário-geral da instituição. Ele e a nova diretoria estão sintonizados com as demandas e as perspectivas futuras do setor”, avaliza.
 
“Agradecemos o empenho do Carlos Silva, que ocupou q presidência e a vice-presidência da instituição e que agora vai se dedicar a outros desafios”, agradece. 
 
O Fundo Iguaçu completa 10 anos em setembro. A instituição abrange 13 entidades através do Comitê Gestor, que define o plano estratégico anual de aplicação dos recursos a ser seguido pela diretoria executiva.
Mais Notícias
Parceria
FOZ DO IGUAÇU DESTINO DO MUNDO | Política de privacidade | Desenvolvido com Drupal 6.1 | +55 45 2105-8120 IMAM