Flamingos do Parque das Aves dão início à estação reprodutiva 06.07.2018

Flamingos do Parque das Aves dão início à estação reprodutiva

Quem visitar o Parque poderá observar alguns pequeninos no Lago dos Flamingos, e outros na Sala de Filhotes.

 

Em ritmo de férias de julho, o Parque das Aves já deu boas-vindas aos primeiros filhotes de flamingo da estação reprodutiva 2018/2019. Quem visitar o Parque poderá observar alguns pequeninos no Lago dos Flamingos, vivendo com seus pais, e outros na Sala de Filhotes, sob cuidados da atenciosa equipe que trabalha ali. Além disso, as pessoas que visitarem o Parque nos próximos dias ainda poderão acompanhar a alimentação dos filhotes através da janela da Sala de Filhotes.

 

O primeiro filhote nasceu no recinto, junto com os pais, no dia 13 de junho. Já na Sala de Filhotes, o primeiro flaminguinho nasceu no dia 27 de junho. “Consegui acompanhar a eclosão, que foi a primeira que tive a oportunidade de ver, desde o furo na casca até cada pedaço se quebrando e ele saindo totalmente. Para mim foi bem emocionante, foi lindo”, comenta Bianca Fernandes, responsável pela Sala de Filhotes.

 

Preferência por filhotes cuidados pelos pais

A equipe do Parque das Aves prefere deixar que os pais cuidem de seus ovos e filhotes, nos recintos, mas algumas vezes eles são abandonados. Nesse caso, a equipe da Sala de Filhotes recolhe o ovo e o mantém na incubadora até que esteja quebrando a casca.

 

Quando isso está acontecendo, eles correm com o filhote em processo de nascimento de volta à colônia e colocam o ovo embaixo de um casal que esteja mantendo um ovo de madeira (às vezes o ovo real rola para a fora do ninho e a equipe da Sala de Filhotes insere um ovo de madeira no lugar). O sucesso é de 100% em casos assim.

Mas também há filhotes nascidos que são rejeitados pelos pais e recolhidos à Sala de Filhotes. Ou casos em que nenhum casal está mantendo um ovo de madeira. Nessas situações, os filhotes crescem sob os cuidados da equipe, sendo alimentados a cada duas horas e supervisionados constantemente.

 

“No ano passado, nasceram 21 filhotes de flamingos no Parque das Aves. Desses, 3 cresceram na Sala de Filhotes, desenvolvendo-se perfeitamente e integrando-se à colônia aos poucos”, comenta Paloma Bosso, diretora técnica do Parque das Aves.

 

Mais nascimentos a caminho

E quem está programando uma visita ao Parque das Aves para depois das férias de julho, pode ficar tranquilo: o Parque espera muitos nascimentos, pois até o momento já foram contabilizados 15 ovos, entre recinto e Sala de Filhotes.

O Parque das Aves começou a reproduzir flamingos em 2014, e atualmente já são 122 dessas aves no recinto, entre africanos e chilenos.

 

“Acreditamos que os filhotes dos últimos anos que atingiram a maturidade estejam contribuindo para que a cada ano tenhamos um número maior de nascimentos. O nascimento de filhotes de uma segunda geração (ou seja, netos das aves fundadoras) é outro motivo de orgulho, uma vez que indicam que as aves estão em uma ótima situação de bem-estar”, diz Mathias Dislich, chefe da Divisão de Pesquisa do Parque das Aves.

 

Processo de incubação

Quando um ovo é levado para a Sala de Filhotes, ele é colocado dentro de uma incubadora, onde fica em temperatura controlada de 37o C e umidade entre 50 e 60%. Essa “chocadeira” também tem a função de rolagem do ovo, necessária para que ocorra o desenvolvimento uniforme da vascularização do ovo, fundamental para o crescimento do embrião. Além disso, a equipe acompanha o ovo constantemente, checando os batimentos cardíacos, fazendo a pesagem e a ovoscopia, exame que permite visualizar o que acontece dentro do ovo.

 

Quando o filhote inicia o processo de sair da casca, ele é levado ao recinto para substituir um ovo de madeira sendo chocado por um casal. Caso não haja ovo de madeira sendo chocado, ele nasce na Sala de Filhotes e é então levado para a U.T.A. (Unidade de Tratamento Animal), onde temperatura e umidade são controladas. Nesse local ele fica em média sete dias, e depois é transferido para diversos recintos, gradualmente mudando sua exposição às condições climáticas, até que tenha idade suficiente para se juntar aos demais.

 

Informações

Quem quiser conhecer de perto o pequeno flamingo que está na Sala de Filhotes pode visitar o Parque das Aves e acompanhar um dos horários de alimentação (às 9h, 11h, 13h, 15h e 16h45) através da janela que fica logo depois da catraca, à direita. Além disso, o visitante pode ainda observar outros filhotes no Lago dos Flamingos, e acompanhar os pais alimentando-os.

 

O ingresso para o Parque das Aves custa R$ 45 e crianças até 8 anos acompanhadas de um adulto não pagam. O Parque das Aves está localizado em frente ao Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu.

Más Noticias
ASOCIACIÓN
FOZ DO IGUAZÚ DESTINO DEL MUNDO | Política de privacidad | Sitio elaborado con Drupal 6.1 IMAM